Gato vomitando? Aprenda porque vomitam e o que fazer!

Gato vomitando, entenda o porque isso acontece e como agir

Receba notificação em tempo real

Gato vomitando? Aprenda porque vomitam e o que fazer!

 

Seu gato está vomitando? 

Calma, aqui vai algumas dicas valiosas pra você!

 

Todo dono de gato já se pegou observando os sinais do desconforto estomacal felino, aqueles engasgos, miados tristes e o vômito propriamente dito. 

Mas antes de você limpar o tapete, ele volta a vida normal e não apresenta sinais de doença nenhuma.

Eu tenho uma amiga de faculdade, a Paloma Bannwart, que morria de medo quando suas gatas vomitavam, mas logo logo estavam bem e o susto passava e a bagunça ficava.

Não é algo prazeroso, mas um gato vomitando é algo que naturalmente pode ocorrer.

Com certeza é algo que você deve aceitar ao criar um felino, mas tem algumas coisas que você pode fazer pra tornar melhor a sua relação com o bichano e diminuir as dores estomacais deles sabendo o que provavelmente as causam.

 

Ok, e porque os gatos vomitam?

A maioria dos donos acreditam que gato vomitando é sinônimo pra bola de pelos, mas isso não é inteiramente verdade. 

Existem outras causas citadas em artigos profissionais  e assumir que é bola de pelo é um descuido talvez perigoso pra saúde do bichano.

Existem outras causas frequentes como comer muito rápido, ou ter um apetite mais curioso e obviamente outras possíveis doenças de origem endócrina, metabólica, infecciosa e etc.

 

Ahh, meu gato come muito rápido, cuido tão bem e o bichinho parece que ta passando fome!

Calma, é um comportamento que muitos gatos têm, quando a parede estomacal se expande rápido demais, é enviado ao cérebro um sinal para causar a regurgitação.

E como foi mencionado no artigo de vômito em cães, a regurgitação é um processo passivo onde é expelido conteúdo esofágico ainda não digerido, então o’que você pode estar vendo não é vômito!

Vômito é um processo ativo que exige contração abdominal e pode incluir sinais clássicos da náusea: deglutição, lambedura nos lábios e excesso de salivação.

 Comer rápido demais pode ser um sinal de competição pelo alimento na vasilha com outros gatos.
Considere sempre ter um comedouro e um bebedouro ou fonte para cada gato que você crie, além de uma caixinha de areia individual.

Tá bom, agora você sabe que comer rápido demais causa regurgitação, mas isso não significa que toda regurgitação é causada apenas por isso.

Sempre tenha em mente que regurgitação também é causada em distúrbios esofágicos, obstruções do trato gastrointestinal, desidratação e até bola de pelos.

 

 

Sempre que observar que é um problema que ocorre com frequência, leve a um veterinário para obter o diagnóstico e tratamento adequado!

 

 Apetite curioso

Papel higiênico, grama, tapetes são exemplos de objetivos que o seu gato pode digerir e depois vomitar.

Assim como explicado no artigo de vômito em cães, o vômito pode ser um mecanismo de defesa do organismo para retirar a causa de algum mal-estar.

O apetite curioso pode levar a problemas sérios quando os corpos estranhos se alojam no intestino ou no estômago, causando episódios de vômitos frequentes e um estresse severo ao animal.

O corpo estranho deve ser retirado cirurgicamente, então fique de olho caso seu gato tenha esse comportamento de comer coisas inusitadas, e repentinamente começar a vomitar com frequência.

 

Tá bom, e quando eu devo me preocupar com meu gato vomitando?

 

Simples, sempre que esse vômito for muito frequente! Episódios de vômitos repetidos podem levar seu gatinho a desidratação e esse é um motivo de preocupação!

Além da frequência, é sempre bom avaliar o apetite do animal, se ele não está ingerindo comida, é um motivo preocupante!

O aspecto do vômito também traz muita informação útil ao veterinário, coloração, aspecto, presença de corpo estranho, sempre que possível, anote e tire fotos! Por mais estranho que seja, uma foto do vômito é bastante útil para um veterinário!

Algumas doenças ou condições que incluem vômitos como sinal clínico podem ser:

 

  •  Intolerância alimentar ou alergia alimentar
  •  Envenenamento
  •  Doença inflamatória intestinal felina
  •  Pancreatite
  • Doença renal crônica
  •  Diabetes mellitus
  •  Lipidose hepática
  •  Parasitas
  •  Doenças infecciosas (bactérias, fungos e vírus)
  • Ingestão de toxinas de origem fúngica, bacteriana ou alimentar
  • Tumores
  • Alguns tipos de câncer

 

Por isso é sempre importante a consulta com um médico veterinário, só ele é capaz de distinguir a causa e fornecer o tratamento adequado!

 

 

Certo, e como eu previno vômito em gatos?

É comum ouvir que o gato vomitar é normal, e realmente pode até ser verdade, mas isso não significa que você não possa tomar alguns cuidados.

Ajude seu gato a comer mais devagar! Esse simples gesto, vai ajudar imensamente seu bichano. E como eu faço isso?

 

Coloque porções pequenas de alimento!

Deixe o comedouro numa posição mais elevada ou adquira um comedouro já elevado!

Gato vomitando
Atacar!

 

Coloque uma bolinha dentro do comedouro, dessa forma sempre que ele for comer, ele terá que empurrar a bolinha, e isso diminui a velocidade que ele ingere o alimento!

 

E se você cria mais de um gato, SEMPRE TENHA MAIS DE UM COMEDOURO! É melhor ainda que sejam dispostos em locais diferentes da casa!

 

Outra dica incrível é ajustar a dieta do seu gato!

Opte por rações úmidas de boa procedência, ou até mesmo rações secas de boa procedência!

Dê uma olhada no artigo de alimentação felina lá damos boas informações sobre esse assunto!

Algumas dicas pra sempre que for alterar a alimentação do bichano é:

 

Mudança gradativa 

O organismo dos seres vivos precisa se adaptar gradualmente a uma mudança na alimentação, nada drástico demais! 

Um conselho é caso mude de ração, misture 25% da ração nova em 75% da ração antiga por alguns dias, depois vá aumentando 50% de cada, depois 75% da ração nova e 25% da antiga por mais alguns dias, até que por fim atinge 100% da ração nova!

 

Deixe a comida mais palatável 

Caso seu gato só se alimenta de rações secas, tente misturar um pouco de ração úmida! Caso não tenha disponível, não tem problema. Coloque um pouco de água morna e terá o mesmo efeito! Mas lembre-se que em ambos os casos, se o seu gato não consumir a comida imediatamente, ela pode estragar se ficar no comedouro!

Enriqueça o ambiente

 Dê atividades ao seu gato, um arranhador, um brinquedo, uma casinha elevada, pode até ser de papelão! O importante é ele brincar!

O aumento do nível de atividade física é bom pra nós, porque não seria pra eles também?

 

Sempre observe o comportamento deles! GATOS NÃO PODEM FICAR SEM COMER! Eles desenvolvem uma doença chamada de lipidose hepática!

 

DICA DE OURO!

ESCOVE O PELO DO SEUS GATOS!!! Quanto menos pelo pra ele lamber, menos bolas de pelo irão se formar, certo?

E lembre-se! Gatos não tomam água como deveriam, e a maior parte provém da alimentação deles, preveni-lo de vomitar é colaborar pro seu gato fofinho permanecer hidratado e em boa saúde!

 

ESSE ARTIGO NÃO SUBSTITUI ORIENTAÇÃO VETERINÁRIA!

Na dúvida,

VAI DE VET!

Você vomitou? “Não foi eu :/

 

REFERENCIAL EXTERNO

Washabau, R.J. & Day, M.J.. (2012). Canine and Feline Gastroenterology. 

https://www.vetmed.wsu.edu/outreach/Pet-Health-Topics/categories/common-problems/vomiting

https://www.lume.ufrgs.br/bitstream/handle/10183/67862/000868860.pdf?sequence=1

http://www.eventosufrpe.com.br/jepex2009/cd/resumos/R0665-4.pdf

 

 

Comentários

0 comentários

100%
Importante saber!
  • Saúde de gatos

Receba notificação em tempo real

Deixe uma resposta

Olá tutor, se você gostou,
se inscreva para receber mais conteúdos como esse!
Me inscrever
Você pode sair quando quiser!
Fechar

Gostou desse conteúdo?

Se inscreva na nossa lista exclusiva e receba dicas profissionais para cuidar do seu pet.
Me inscrever
Você receberá somente conteúdo. Nada de SPAM.