13 Alimentos que seu cachorro não pode comer e o porque!

Entenda o porque seu amigão deve evitar estes alimentos

Receba notificação em tempo real

Porque seu cachorro não pode comer um desses 13 alimentos.

Não faça isso

13 alimentos que seu cão não poder comer, talvez já saiba que não devemos dar quaisquer tipo de alimentos aos nossos cães, mas você sabe o porquê?

Nós humanos naturalmente compartilhamos o  que nos faz bem e gostamos, então é natural que tendemos fazer isso também com nossos pets.

Afinal quem nunca mordeu aquele belo pedaço de chocolate e olhou para seu cachorro com aqueles olhinhos brilhantes e a boca salivante e pensou: “Talvez eu deva dar um pedacinho para ele, tadinho.”

Outros alimentos comuns são: um pão de queijo, uma bolacha recheada, carnes de churrasco, sobras de comida, chocolates, café, uva passa, entre outros.

O que você verá a seguir são informações e o conhecimento necessário para te tornar literalmente um HERÓI!

Onde você vai poder impedir o perigo eminente explicando o porque não deve jamais, dar aquele alimento para o cachorro.

Mas primeiro, vamos entrar uma breve explicação de toxicologia.

TOXICOLOGIA

Calma, eu sei que você deve estar pensando lá vem coisa complicada…

Mas é mais simples do que você imagina.

Em princípio, a intoxicação em cães e gatos ocorre devido a fatores que são da natureza dos animais.

o instinto de caça e sobrevivência, o desejo de reconhecer o terreno e a natureza curiosa.

 Porém, também há grande parte da participação humana nesse processo, como o desejo de agradar, o descuido com produtos tóxicos como agentes de limpeza e alimentos deixados ao alcance do cão.

Acredito que o mais importante de todos: O DESCONHECIMENTO DOS AGENTES TÓXICOS! E aqui entra o meu papel de te mostrar o que o seu cão não pode comer e o porquê!

SEU CÃO NÃO PODE COMER CHOCOLATE, CHÁ E CAFÉ!

 

Devemos entender que a fisiologia dos cães e gatos, são diferentes da humana e também, nosso peso corporal!

 O chocolate, o café e alguns chás contém algumas substâncias chamadas de metilxantinas, uma classe que contém uma substância que conhecemos bastante, a cafeína! 

E também, outra que não conhecemos tanto, que é  o que torna o chocolate em um grande vilão, a teobromina!

Inclusive, você sabia que chocolate em excesso, também faz mal para humanos

A intoxicação alimentar por chocolate também é bastante comum quando é consumido em excesso, principalmente na época de Páscoa e isso pode acarretar danos ao nosso fígado!

A teobromina e a cafeína são altamente estimulantes e são responsáveis por elevarem alguns neurotransmissores que nos trazem sentimentos positivos.

 Quem não adora um cafezinho e um chocolate, não é mesmo?

Porém, saibam que tudo em excesso faz mal, e é exatamente esse o motivo do chocolate intoxicar seu animal de estimação. 

A quantidade de chocolate necessária para intoxicar um animal, é menor que para intoxicar um ser humano e isso se deve ao fato do peso corporal do animal ser menor.

E quanto maior o teor de cacau do chocolate, maiores são os riscos de ocorrer os efeitos indesejáveis. 

Você sabia disso? 

Chocolates 70% cacau entre outros, exigem uma pequeníssima quantidade para intoxicar um cachorro, mesmo que ele seja de médio a grande porte, os de pequeno porte então, nem precisamos entrar em detalhes do risco de óbito!

Idade também conta! 

Os filhotes não possuem as enzimas hepáticas em total funcionamento e por isso são mais susceptíveis a intoxicação de qualquer natureza.

A teobromina é absorvida pela mucosa do intestino e rapidamente cai na corrente sanguínea atingindo a circulação geral e os órgãos como o sistema nervoso central onde é que serão percebidos os sinais clínicos como:

  • Convulsões;
  • Ingestão exagerada de água;
  • Tremores;
  • Excitação;
  • Elevação de temperatura;

  • Taquicardia (aumento dos batimentos cardíacos);
  • Poliúria (aumento da produção de urina);
  • Taquipneia (aumento da frequência respiratório);

Cuidado!

 Alertem sempre os familiares e amigos que tem cachorro, o objetivo desse conteúdo é ajudar a difundir conhecimento e salvar a vida dos nossos animais.

Chocolate pode levar seu cachorro a óbito, e agora que você conhece o motivo, pode me ajudar a divulgar esse conhecimento, compartilhando este artigo com eles.

SEU CÃO NÃO PODE COMER CEBOLA, ALHO, CEBOLINHA E ALHO PORÓ!

 

Humm, uma comida bem temperada é maravilhosa, né?

 Porque não posso dar cebola e alho pro meu cão? E resto de comida que foi temperada com cebola e alho?

Não pode, e o motivo é esse:

Ocasiona em uma anemia hemolítica fulminante!

A anemia hemolítica é quando as células vermelhas, chamadas de eritrócitos ou mais conhecidas como hemácias sofrem uma ruptura nas suas membranas.
E como o corpo depende delas para transportar o oxigênio que os pulmões captam do ar, o animal perde essa capacidade e pode vir a óbito por hipóxia (falta de oxigênio).


“Ah, mas ninguém dá esses alimentos crus aos animais” “o resto de comida que dão pros animais tem esses temperos mais são fritos ou cozidos”

Qualquer processo de cozimento e processamento desses temperos… 

…NÃO REDUZ SUA TOXICIDADE!

Tá, e porque é tóxico?

Porque esses alimentos possuem substâncias que oxidam a hemoglobina, uma proteína da hemácia responsável por se ligar ao oxigênio.

E acabam se transformando em uma metahemoglobina, incapaz de exercer seu papel no organismo ela acaba se tornando um Corpúsculo de Heinz.

Ou ainda sendo depositada na membrana destas hemácias e as tornando mais frágeis e com maior probabilidade de sofrer uma ruptura, levando ao quadro que já explicamos ali em cima!

O animal pode apresentar alguns sinais clínicos relacionados ao aparelho gastrintestinal: 

 

  • desconforto abdominal;
  •  diarréia;
  •  vômitos;
  •  desidratação;
  •  perda de apetite;
  • dificuldade de respirar;

  •  mucosas da gengiva e dos olhos pálidas;
  •  cansaço;
  •  prostração;
  • diminuição do pulso;
  • Alterações nas frequências;
  • respiratórias e cardíacas.

SEU CÃO NÃO PODE COMER UVAS E PASSAS

Tanto a uva em natura quanto a uva passa seca pode intoxicar seu animal.

Talvez esteja pensando: “E o porquê meu cão não pode comer uva e passa?”

Na verdade, entre os pesquisadores ainda não se tem um consenso do motivo.

Mas temos alguns estudos que relatam alguns motivos, dentre eles: 

Falta de algum complexo enzimático no cão, excesso de pesticidas, presença de toxinas de fungos, intolerância aos taninos (um componente que protege as frutas contra pragas e predadores e que também dá um excelente sabor no vinho!)

“ah, mas eu conheço gente que deu uva pro cachorro e ele não morreu…”

Sim, é possível que alguns cães tenham uma tolerância maior ao componente tóxico da uva, mas porque arriscar a vida do seu cão com uma fruta que pode ser fatal para ele?


NÃO ARRISQUE! Alguns estudos apontam alta taxa de mortalidade para essa intoxicação.

Os cães podem vir a apresentar sinais como: vômitos, diarreia, letargia, dores abdominais.

Viu só como esses sinais são iguais pra quase tudo?

É por isso que sempre deve levar seu animal em um veterinário quando houver estes quadros.

 Só ele é capaz de distinguir a causa do problema e ajudar a salvar a vida do seu animal da forma adequada, nada de fórmulas mágicas de leite e quiabo hein?

SEU CÃO NÃO PODE COMER ABACATE!

Seu cachorro não pode comer abacate
Nunca deixe uma “vovó Juju” perto do seu dog sem supervisão.

Aposto que dessa você não sabia hein?

 O abacate em todas as suas estruturas apresenta toxicidade aos cães e a vários outros animais, porém não existem relatos que apontam que sejam tóxicos aos gatos, mas de novo, pra que arriscar quando se tem outras fontes de alimentação adequadas pros bichanos?

Há estudos que apontam que o abacate possui uma toxina de origem fúngica chamada de persina, que é responsável por gerar o quadro de intoxicação nos cães e por isso ele não pode comer abacate!

Os sinais em que observamos são bastante graves como acúmulo de líquido em diversas partes do corpo, coração, pulmões etc.

 E por ser um alimento rico em gordura, pode desencadear pancreatite, e isso inclusive também é motivo do porque seu cão NÃO pode comer churrasco!

SEU CÃO NÃO PODE COMER CHICLETES, DOCES E BALAS!

 

Não é muito comum que alguém dê chiclete aos cães, mas principalmente crianças podem fornecer aos animais estes doces e balas. E aí que mora o perigo: o xilitol.

O xilitol é um edulcorante ou adoçante natural que deixa esses alimentos mais doces, e também é encontrado em geleias, pudins, sobremesas, tortas doces e uma infinidade de produtos industrializados.

Não é conhecido o motivo do porque essa substância é tóxica, mas sabemos que ela acarreta em uma rápida e alta liberação de insulina que diminui a glicose na corrente sanguínea dos cães, ocasionando uma hipoglicemia, e o cérebro precisa de glicose para funcionar, certo?

Se tem pouca glicose indo pro tecido nervoso, os sinais clínicos que irão ser apresentados, são basicamente: tremores, dificuldades na coordenação motora, depressão, choque, entre outros!

E lembrem-se, sempre que qualquer animal apresentar algum sinal clínico, levem ao veterinário, ele é o único profissional capacitado para resolver seu problema, não existem fórmulas mágicas em solucionar a intoxicação!

O conteúdo aqui postado não substitui o aconselhamento e auxílio médico!
O objetivo aqui é educacional e de instrução pra gente sempre divulgar conhecimento para diminuirmos as mortes por desconhecimento desses agentes tóxicos! 

Prevenir é melhor do que remediar SEMPRE!

Mas se precisar remediar, VAI DE VET!

Ufa, é bastante coisa, mas é sempre bom saber, afinal isto salva muitas vidas. E depois de tudo que não pode que tal dar uma olhada no “Os alimentos que mais fazem bem para os cachorros”?

Se você gostou deste artigo, não esqueça de avaliá-lo e deixar seu comentário.

Tchau obrigado!

 

Comentários

0 comentários

100%
Adorei
Avalie este artigo
  • Saúde pública animal

Receba notificação em tempo real

Deixe uma resposta

Olá tutor, se você gostou,
se inscreva para receber mais conteúdos como esse!
Me inscrever
Você pode sair quando quiser!
Fechar

Gostou desse conteúdo?

Se inscreva na nossa lista exclusiva e receba dicas profissionais para cuidar do seu pet.
Me inscrever
Você receberá somente conteúdo. Nada de SPAM.